Entries

Solicitamos a Reconsideração da Negação do Visto para uma Representante da Sociedade Civil Participar do Encontro da TICAD em Moçambique

こちらの声明のポルトガル語版です。
http://mozambiquekaihatsu.blog.fc2.com/blog-entry-266.html

Solicitamos a Reconsideração da Negação do Visto para uma Representante da Sociedade Civil Participar do Encontro da TICAD em Moçambique

A Conferência Internacional de Tóquio sobre Desenvolvimento Africano (TICAD), uma iniciativa multilateral voltada para o desenvolvimento africano conduzida pelo governo do Japão, sempre manteve suas portas abertas para a participação da sociedade civil, do setor privado, e de organizações internacionais. A primeira Reunião Ministerial em seguimento à VI TICAD será realizada em Maputo, a capital da República de Moçambique, de 24-25 de agosto, com participação diversa incluindo a sociedade civil, o setor privado, e organizações internacionais, bem como governos africanos e outros, com o objetivo de assegurar um diálogo multissetorial para o desenvolvimento africano.

Infelizmente, a oportunidade para esse diálogo multissetorial para o desenvolvimento africano está em risco. Em 10 de agosto, a Embaixada da República de Moçambique em Tóquio comunicou que o governo não concederá o visto para a senhora Naoko Watanabe, funcionária do Programa da África do Sul, do Centro de Voluntariado Internacional do Japão (JVC, em inglês). Até o momento, não há explicação para a decisão de negação do visto. Essa é a primeira vez em que um visto é negado para uma participante da sociedade civil que quer participar da TICAD, numa história de 24 anos de TICAD. Nós, da rede de cidadãos japoneses da TICAD, expressamos nossa preocupação com relação à negação do visto para a senhora Watanabe.

JVC é uma organização japonesa da sociedade civil proeminente que trabalha para a cooperação internacional, e que tem trabalhado para o desenvolvimento comunitário em muitos países e regiões no Sul Global. Na República da África do Sul, ela tem trabalhado para construir capacidades da comunidade de trabalhadores da saúde e apoiado grupos comunitários de pessoas portadoras do vírus do HIV/Aids. Senhora Watanabe é uma especialista com muitos anos de experiência trabalhando em projetos nesta região e para essa região. Será uma grande perda para o encontro da TICAD que a senhora Watanabe, que é uma funcionária do programa que trabalha diretamente com esses projetos, não possa participar do encontro da TICAD, o qual será realizado na região da África Austral pela primeira vez em oito anos depois do Encontro Ministerial da TICAD em Gaborone em 2009.

Nós, rede de cidadãos japoneses da TICAD, solicitamos que o governo da República de Moçambique reconsidere a sua decisão e que conceda o visto para a senhora Watanabe. Nós também solicitamos que os Co-organizadores da TICAD, incluindo o governo do Japão, a Comissão da União Africana, UNDP, UNOSAA e o Banco Mundial, que solicitem que o governo do país anfitrião reconsidere a sua decisão. Os Co-organizadores da TICAD devem prevenir uma exclusão como essas dos participantes da sociedade civil tendo em vista o futuro da TICAD. Nós acreditamos que é necessário resguardar o único valor da TICAD, a qual tem sido uma iniciativa multissetorial e aberta para o desenvolvimento africano, sob os princípios da co-gestão e parceria.


Lista de organizações signatárias
(em 22 de agosto de 2017, ordem alfabética)

1. Overseas CSOs: ADECRU (Mozambique), Afrika Kontakt (Denmark), Botswana Watch (Botswana), Civic Commission for Africa, African Network against Illiteracy, Conflicts and Human Rights Abuses (Cameroon), Development Diversity Services (Botswana), Earth Harmony Innovators (South Africa), East African National Networks of AIDS Service Organizations (Tanzania), GPOWF (South Africa), GRAIN (Spain), Justiça Ambiental (Mozambique), Izindaba Zokudla (South Africa), KASA (Germany), LAMOSA (South Africa), Ligue Tunisienne pour la Défense des Droits de l'Homme (Tunisia, Nobel Peace Prize Laureate), LIVANINGO (Mozambique), ONG-Diplomatie et Paix Internationales (Burkina Faso), ONG Nationale ADAPE-Guinee (Guinea), Reseau des Acterus des Development Durable (Cameroon), Right2Know Campaign (South Africa), RSCDA-IO (Madagascar), RWA Zambia (Zambia), SAGRC-AIDC (South Africa), SiRNoRF (Sierra Leone), Southern Africa Mines Association (Swaziland), Southern Africa Trust (SADC), Struggle to Ecoonmize Future Environment (Cameroon) , TAAF (Zimbabwe), Tanzania Mineral Mining Trust Fund (Tanzania), TNI (Netherland), Ukuvuna (Zimbabwe), WAHD (Sierra Leone), WAMUA (South Africa), WoMin (South Africa), World Rainforest Movement (Brazil)

2. Japanese CSOs: Alternative People's Linkage in Asia, Africa Japan Forum, A Seed Japan, Africa Rikai Project, Concerned Citizens Group with the Development of Mozambique-Japan, CSO Network Japan, Japan National Assembly of Disabled Peoples' International, Friends of the Earth Japan, Fukuoka NGO Forum on Asia Development Bank, Japan International volunteer Center (JVC), Japan NGO Center for International Cooperation (JANIC), Japan Youth Platform for Sustainability, JOICFP, Little Bees international, Mekong Watch, Nagoya NGO Center, Oxfam Japan, Save the Children Japan, Together with Africa and Asia Association, WE21 Japan, WE21JAPAN Izumi, Women’s Forum Fish, Yokohama NGO Network, and other 2 CSOs

スポンサーサイト

Appendix

最新記事

カテゴリ

プロフィール

MozambiqueKaihatsu

Author:MozambiqueKaihatsu
「モザンビーク開発を考える市民の会」の公式サイトへようこそ!本サイトでは、モザンビークの草の根の人びとの側に立った現地・日本・世界の情報共有を行っています。特に、現地住民に他大な影響を及ぼす日本のODA農業開発事業「プロサバンナ」や投資「鉱物資源開発」に注目しつつ、モデルとされるブラジル・セラード開発についての議論も紹介。国際的な食・農・土地を巡る動きも追っています。

最新コメント

最新トラックバック

検索フォーム

ブロとも申請フォーム

この人とブロともになる

QRコード

QR